Escolha um Tema

Portugal tem religião oficial?

Não.

Portugal é um Estado laico, não confessional, onde vigora a liberdade de religião e de crença.

As igrejas e outras comunidades religiosas encontram‑se separadas do Estado, princípio que terá de ser respeitado mesmo em futuras revisões da Constituição. A separação entre Estado e Igreja é garantia da própria liberdade religiosa, ou seja, da liberdade de ter ou não religião, escolher determinada religião, mudar ou abandonar uma religião e não ser prejudicado por qualquer dessas opções.

A liberdade religiosa individual inclui ainda o direito a informar e ser informado sobre a religião, a transmiti‑la a outras pessoas, a expressá‑la através de sinais exteriores — por ex., através de indumentária ou determinados símbolos religiosos — e ainda a casar e praticar outras cerimónias segundo ritos religiosos.

Quanto aos direitos das igrejas em si mesmas, e das pessoas colectivas por elas criadas, têm que ver com a sua auto‑organização e funcionamento, bem como o exercício das funções religiosas propriamente ditas, os locais de culto e o ensino religioso. Mesmo em espaços escolares públicos, note‑se, existe um direito ao ensino religioso pelas várias religiões.

CONST

 

 

 

 

 

 

Tags referentes à pergunta

Seleccione as palavras-chave pretendidas para ver as perguntas relacionadas

Perguntas relacionadas
Esta informação foi útil para si?
Sim
Adicionar aos favoritos
Remover dos favoritos
Encontrou alguma incorrecção na informação prestada?
Reportar info
Homepage

Ver perguntas

Ver perguntas consultadas recentemente

a carregar

Aguarde um momento!