Escolha um Tema

Existe um dever de contribuir para a segurança social por parte do cidadão contribuinte?

Sim.

O sistema de segurança social tem natureza pública e obrigatória, pelo que abrange todos os cidadãos. Ninguém pode abdicar dele, seja qual for a sua situação profissional ou pessoal. Não se aplica apenas a quem trabalha, mas também nas situações de doença, velhice, invalidez, viuvez e orfandade, bem como no desemprego e em todos os outros casos de falta ou diminuição de meios de subsistência ou de capacidade para o trabalho.

As prestações que o sistema atribui exigem que seja financiado. O financiamento constitui um encargo do Estado, realizando‑se mediante orçamento e contribuições dos beneficiários, os quais têm um dever de contribuir para a segurança social. Pretende‑se que o sistema previdencial fundamentalmente se autofinancie, com base numa relação directa entre a obrigação legal de contribuir e o direito às prestações.

Os beneficiários e, tratando‑se de actividade profissional subordinada, as entidades empregadoras são obrigados a contribuir para os regimes de segurança social. No regime geral, é feito através de quotizações dos trabalhadores por conta de outrem, das contribuições dos trabalhadores independentes e das contribuições das entidades empregadoras. Outros regimes de segurança social, de inscrição facultativa, prevêem contribuições diferentes.

TRAB

 

 

 

Tags referentes à pergunta

Seleccione as palavras-chave pretendidas para ver as perguntas relacionadas

Perguntas relacionadas
Esta informação foi útil para si?
Sim
Adicionar aos favoritos
Remover dos favoritos
Encontrou alguma incorrecção na informação prestada?
Reportar info
Homepage

Ver perguntas

Ver perguntas consultadas recentemente

a carregar

Aguarde um momento!